Pular para o conteúdo principal

Destaques

Como Fazer um Vaso Suspenso - DIY

Olá

Hoje, vou ensinar a fazer um vaso suspenso. Aqui em casa é a única forma que posso cultivar plantinhas, pois meus filhos (um casal de gatos) comem todas as que estiverem ao alcance deles.
Eu e meu marido montamos o vaso para abrigar uma cebola que brotou na gaveta da geladeira. Todos os materiais que usamos tínhamos em casa, mas, caso você não os tinha pode encontrá-los na Leroy Merlin - me patrocina Leroy?




Você vai precisar de um pote de vidro, mais ou menos dois metros de cabo de aço, uma abraçadeira e uma roldana com parafuso.  

Enrolamos o cabo de aço em volta da boca do pote, com uma das pontas saindo pela trava dele e outra pela tampa. Unimos as duas pontas com a abraçadeira para ficar bem seguro, em seguida passamos o restante do cabo pela roldana, a qual parafusados em uma prateleira, e finalizamos com várias voltas e amarrações do cabo na mão francesa que sustenta a prateleira.  




Muito fácil e lindo!
E você, gostou?

Eu e a MG - Mantendo uma Rotina Médica

Como escrevi aqui, uma vez, "Mantenha Bons Médicos". E além disso, respeitar uma rotina é muito importante.


Cada especialidade, de acordo com a saúde do paciente, tente a indicar uma data para retorno. Então, siga isso. Pois ajuda a manter seu bem estar, previne algumas doenças e identifica problemas em fazes iniciais, tornando-os mais fáceis de tratá-los. 

No meu caso, se eu não tiver nenhuma intercorrência, tenho que voltar no neuro a cada seis meses,  na endocrinologista em quatro meses, no ortopedista, cardiologista e ginecologista uma vez ao ano e na dentista a cada seis meses. Acho que são só esses, mas provavelmente estou esquecendo de alguma especialidade agora. 

Estes intervalos variam de acordo com minha saúde, se estou mal de alguns dos meus problemas - sim, não tenho só a Miastenia - eles tende a diminuir e se estou bem espaçar. 

Um bom exemplo para comentar, sobre o bem que a rotina traz é a dentista (que não por acaso, fui ontem). Indo de seis em seis meses, faço limpeza e em vezes alternadas passo flúor. Desta formar, raríssimas as vezes tenho uma cárie e quando tenho é superficial, dando para tratar sem anestesia, nem dor. 

Falando em dentista, uma dica boa é após longos períodos de interação, que infelizmente acontecem por conta da Miastenia, passar em uma consulta. Os dentes as vezes ficam em segundo plano diante de maiores problemas. É importante também, que a dentista entenda de MG, para respeitar seus limites e saber medicar, caso necessário. 

É isso. Por favor, comentem se estão gostando ou não, se está ajudando, se querem saber mais a respeito de algo?!

Beijos e força para todos.

Comentários

hostinger

Postagens mais visitadas