Pular para o conteúdo principal

Desfile Vitorino Campos - SPFW N41

A obra de Yves Klein "Saut Dans Le Vide", Salto no Vazio, influenciou o estilista Vitorino Campos para o desenvolvimento de seu verão 2017, o fotógrafo francês aparece pulando um muro, de braços abertos, em direção a calçada. 

A cartela de cor sugere tons azuis, terrosos, verde, rosa e preto em tecidos e texturas como couro, cetim duchese changeant, tweed pied de poule, alfaiataria, piquet de algodão, tricoline, tweed xadrez, veludo e o glitter. As formas são afastadas da silhueta, priorizando o conforto.

A entrega de um estado em movimento constante reflete a liberdade da criação e o ponto de vista do artista diante de sua obra. Esta reflexão mostra que a arte é reconhecida mesmo removendo o conteúdo esperado de sua forma, pinturas sem imagens, um livro sem palavras, uma composição musical sem composição de fato, restando apenas o meio de expressão artística, tal como ele deve ser.

Os acessórios acompanham a inspiração e repetem a parceria com a Chilli Beans nos óculos e estreia a primeira coleção da marca com a Melissa. Destaque para a Pupila, bolsa-lancheira térmica em uma versão de plástico nas cores preta, azul, branca e vermelha.

"Não há razão para que não se possa ir mais alto."

Alan Eustace

Confira o desfile completo na galeria de imagens:

Vitorino Campos - SPFW N41


Comentários



Instagram