Pular para o conteúdo principal

Destaques

Tudo Sobre a Segunda Edição do CJ Market

Já sabem, né?! Quando tem post fora de data é porque a notícia é imperdível.
Então, vamos lá!

Com uma curadoria afiada que mistura novas designers de moda feminina, esportiva, acessórios e itens para a casa, o Shopping Cidade Jardim promove, entre 22 e 25 de maio, a segunda edição do seu charmoso CJ Market. Distribuídas pelos primeiros e segundo pisos do espaço, estarão os acessórios da KG, as roupas infantis da Joie Petit, o sleepwear da Gii, as bolsas da T’Bag, a moda casual e esportiva da Legstyle e as peças para casa da Brugini, entre outras.


Confira abaixo a lista de participantes:
Alexa Clothes – Roupas femininas confortáveis, que arrasam juntas, mas ficam lindas separadas. Amici per Ami – Roupas femininas casuais e confortáveis com detalhes de design que fazem a diferença. BAE – Uma marca de calçados especializada em espadrilles e que oferece releituras variadas da peça (flatforms, mules, anabelas, rasteirinhas etc). Biló– Moda feminina descomplicada e atemporal, com peças versáteis…

Abertura do Rio Moda Rio

O desfile de abertura do Movimento Rio Moda Rio homenageou quatro grandes nomes da moda carioca dos anos 70 e 80: Georges Henri, Mauro Taubman, Maria Cândida Sarmento e Simão Azulay.

A elegância típica do belga Georges Henri estava toda na sala, para a primeira homenagem da noite. Quase todos os looks em linho, calças retas e curtas, camisões, a saia em barras, os cobiçados blazers de linho sobre calças pretas. No final da apresentação, Silvia Pfeifer, vestida de calça em azul marinho completou a sensação de elegância que Georges tanto prezava.

Mauro Taubman, líder da Company, foi o segundo homenageado da noite. O desfile dividido em quatro partes foi objetivo e didático. O lado esportivo, praieiro e atlético ganhou ênfase em jardineiras jeans, calças de tijolinhos e vestidinhos com aplicações de arco-íris.

Terceira homenageada no show de abertura do Rio Moda Rio foi Maria Cândida Sarmento, líder da Maria Bonita. A coleção acertou na cartela de cores claras, nas misturas de linhos com sedosos e sintéticos, justamente como Cândida sabia fazer tão bem. 

Simão Azulay, considerado o Príncipe dos Jeans criando a Yes, Brazil, foi o quarto homenageado e teve direito a um final divertido. Camisões estampados, calças e shorts jeans, coletinho e macacões detonados, cruzaram a passarela. O final da apresentação trouxe Xuxa, de cabelão crespo, calça jeans clara, de cós baixinhos, jaqueta branca, blusa preta e botinha branca. 

As quatro marcas foram bem representadas. E no final geral, a plateia foi convidada a dançar com os modelos, em meio a balões cor de rosa.

Confira, na galeria de imagens a seguir, os desfiles:

Movimento Rio Moda Rio

Comentários

Postagens mais visitadas