Pular para o conteúdo principal

Destaques

SALVATORE FERRAGAMO: Campanha Primavera-Verão 2021

Suspense, intriga e belas estrelas na campanha primavera-verão 2021 da Salvatore Ferragamo - “Director’s Cut”. Cortada diretamente pelo diretor indicado ao Oscar Luca Guadagnino da atmosfera do filme para a coleção, a campanha de Salvatore Ferragamo para a primavera-verão 2021 é uma obra-prima de refinamento do suspense. O portfólio de fotos e um curta, com curadoria de Guadagnino ao lado do diretor criativo Salvatore Ferragamo, Paul Andrew, se baseia no filme inspirado em Alfred Hitchcock, ambientado em Milão, que foi exibido antes do desfile de moda em setembro de 2020. Concebida como uma homenagem a Hollywood – o local do primeiro sucesso de nosso fundador – e a Milão – o local da expressão da moda de Salvatore Ferragamo no século 21 – a campanha combina nossa herança de artesanato artístico e inovação técnica. O elenco de Guadagnino é composto por Mariacarla Boscono, Maggie Cheng, Jonas Glöer, Samer Rahma e Anok Yai. A alquimia do olho do diretor os reúne em uma série de mise-en-sc

Eu e a MG - Boletim Médico


Olá

E no último episódio, ou seria, e no último post:
"Próximo passo é tomar uma medicação via endovenosa para fixação do cálcio no osso e passar em consulta com o neurocirurgião. Esse ano ainda. Assim que tiver feito isso, trago novas atualizações."

Acontece que a medicação para fixar o cálcio me causou efeito colateral, com isso, passei uma semana de muita dor e febre. Ela não baixava com o remédio que costumo tomar, então o neurologista receitou a combinação com um segundo. Somente com o uso dos dois, minha temperatura cedia até a próxima dose. Com isso, a Miastenia deu as caras novamente e segui com um cansaço extra por mais alguns dias.

Por fim, eu melhorei, o ano acabou e não consegui ir ao neurocirurgião. Passei janeiro muito bem, mas aproveitei para tirar uma folga de médico, visto o excesso do final de 2019. Fevereiro chegou com crise miastênica. Sem causa aparente ou por doença secundaria, o cansaço extra tomou conta de mim e foram dez dias até iniciar uma melhora. Hoje, ainda não estou 100% recuperada, pois tem dias que fico muito bem, mas outros dou uma caída. O bom é que o cansaço constante passou, o ruim é que foi sem infecção, inflamação ou qualquer outra coisa que justificasse a fadiga, além da miastenia. Digo isso, pois quando tem uma doença concomitante afetando meu organismo é só tratar a doença que fico bem da miastenia em pouco tempo. Agora, se não tenho o que tratar, não sei bem quando vou melhorar da miastenia, já que para minhas crises não existe medicação, pois minha forma da doença é a congênita. A miastenia autoimune já tem tratamento para crise.


Agora é esperar até ter minha força toda de volta. O segredo é paciência e fé em Deus!

Beijos e força para todos!


Comentários

Postagens mais visitadas