Pular para o conteúdo principal

Destaques

Como Fazer um Vaso Suspenso - DIY

Olá

Hoje, vou ensinar a fazer um vaso suspenso. Aqui em casa é a única forma que posso cultivar plantinhas, pois meus filhos (um casal de gatos) comem todas as que estiverem ao alcance deles.
Eu e meu marido montamos o vaso para abrigar uma cebola que brotou na gaveta da geladeira. Todos os materiais que usamos tínhamos em casa, mas, caso você não os tinha pode encontrá-los na Leroy Merlin - me patrocina Leroy?




Você vai precisar de um pote de vidro, mais ou menos dois metros de cabo de aço, uma abraçadeira e uma roldana com parafuso.  

Enrolamos o cabo de aço em volta da boca do pote, com uma das pontas saindo pela trava dele e outra pela tampa. Unimos as duas pontas com a abraçadeira para ficar bem seguro, em seguida passamos o restante do cabo pela roldana, a qual parafusados em uma prateleira, e finalizamos com várias voltas e amarrações do cabo na mão francesa que sustenta a prateleira.  




Muito fácil e lindo!
E você, gostou?

Por que contratar um serviço de assessoria para sua festa?


Olá!
Com já devem saber eu trabalho,entre outras coisas, como assessora de festas e eventos, em sociedade com a Gabriela Sanches, que dá nome à empresa Gabriela Sanches Assessoria.

Com o passar do tempo, posso dizer que, entre erros e acertos, adquiri alguma experiência nessa área, notadamente em relação aos casamentos -tema sobre o qual irei falar um pouco-, especialmente sobre a importância de uma boa assessoria.

Muitas pessoas, ainda hoje, dispensam esse serviço pelo fato de, acredito eu, desconhecer o real trabalho de uma assessora. Normalmente, quem costuma valorizar esse serviço são os convidados satisfeitos de algum evento bem realizado, que desta forma acabam por conhecer esse trabalho.

E quem comanda a orquestra, a assessora, inúmeras vezes tem seus feitos escondidos por trás de outro fornecedor, vindo disso, também, a dificuldade das pessoas em enxergar a real necessidade da contratação de assessoras.

A seguir, vou contar-lhes uma história real, sem dar nomes, data ou locação (até porque descrição faz parte da rotina de uma assessora), que revela um pouco do trabalho não creditado a nós.

A lapela
Eu, minha sócia e equipe chegamos com quatro horas de antecedência em nossos eventos para verificar e acompanhar se tudo contratado pelo casal está entregue e disposto de maneira correta. Em um de nossos casamentos notamos que as lapelas estavam montadas inadequadamente.
Vale ressaltar aqui que é comum a decoradora dar como cortesia ao casal as lapelas dos pais, padrinhos e noivo, como também, o buquê da noiva. Neste caso, o enfeite era composto por três pequenas flores, envoltas em fita crepe branca. Ao notarmos isso, esperamos até que a decoradora fosse embora, para que não ficasse ofendida, visto que iríamos refazer o trabalho dela. Momentos antes da cerimônia, remontamos todas as lapelas com acabamento em fita floral verde. Item que temos também em outras cores, sempre conosco, para qualquer imprevisto. Foi então que finalizamos a lapela de maneira mais estética e nem a decoradora nem o casal ficaram sabendo para evitarmos conflitos.


Conclusão
Se o casal não tivesse nos contratado, ficariam sem usar a lapela, ou usariam com fita crepe mesmo, e, assim, teriam eternizado em suas fotos e vídeo do casamento, um trabalho mal feito. Como, também, passariam por momentos de stress em um dia que é para ser somente de alegrias.
Lembrando a você, leitor, que esta é a nossa forma de trabalho. Outras assessoras poderiam ter resolvido este imprevisto de maneira diferente.

Comentários

hostinger

Postagens mais visitadas