Pular para o conteúdo principal

Destaques

C&A Apresenta Curadoria de Looks Esportivos

Marca incentiva o bem-estar com produtos da linha ACE. Ano novo, vida nova! Quando o ano se inicia, é de costume propor novas metas e geralmente, uma delas é manter uma rotina mais saudável a partir de atividades físicas. Por isso, sempre atenta às necessidades da sua cliente, a C&A apresenta uma curadoria especial de produtos da linha esportiva ACE, ideal para encorajar quem pretende seguir uma rotina diferente em 2021. É essencial estar confortável com o look utilizado para a prática de qualquer atividade física, por isso modelagens que se adaptam ao corpo e tecidos que facilitam a transpiração são as principais apostas da marca para camisetas, regatas, tops, shorts e leggings. Para quem gosta de combinar, os conjuntos compostos por tops e shorts, bermudas ou leggings não podem faltar no guarda-roupa. Com ou sem estampas, os itens devem agradar aos mais variados perfis. Os calçados e acessórios também ajudam a compor o visual. Meias, bonés, garrafinhas de água, pochetes e até tap

Mãe de Gato


O sono havia chegado, então, com meu tricot, cobri meu filho, que já dormia tranquilamente. Ajeitei meus travesseiros, peguei minha filha nos braços e deitamos. Ela acomodou-se em mim, assim como faz toda noite. Encostou sua barriga na minha, repousou sua cabeça em meu peito e esticou a pata esquerda sobre minha cintura. Ensaiamos um cochilo, até que meu filho entrou em sono profundo e começou a roncar. E foi ao som de um ressono que despertamos. Minutos depois, acostumamo-nos com o barulho e voltamos a dormir, até que algum vizinho chegou e subiu as escadas do prédio, rumo ao seu apartamento, de maneira nada adequada ao horário. E assim, mais uma vez despertamos, porém, desta vez, os três. Meu filho se espreguiçou, deu uma volta ao seu redor e pôs-se a dormir novamente. Já minha filha avistou um inseto no canto do quarto (ou quem sabe um fantasma), mas, tanto faz, pois àquela altura, eu só queria dormir tranquilamente, mesmo que na presença de uma assombração. Então, fiz um cafuné em sua cabeça para que ela perdesse o interesse no inseto-fantasma. Demorou um pouco, mas deu certo. Ela repousou a cabeça em meu braço e dormimos.

Passaram-se duas relaxantes horas de sono até que senti um narizinho gelado em minha bochecha. Era meu filho, mostrando que estava com fome. Levantamos os três da cama e dei-lhes ração, que comeram vagarosamente pois o sono imperava. Enquanto isso, aproveitei para comer algo também. Os três, de volta à cama: cobri meu filho, ajeitei meus travesseiros, peguei minha filha nos braços e nos deitamos, então tudo novamente.



Comentários

Postagens mais visitadas