Pular para o conteúdo principal

Destaques

Belas Artes Promove Talk em Homenagem a Karl Lagerfeld

A Belas Artes apresenta amanhã, dia 19, às 19h30, um seminário sobre o legado de Karl Lagerfeld na economia criativa. Organizado pela coordenação de Design de Moda e pelo Mestrado Profissional em Arquitetura, Urbanismo e Design, o evento acontece no Núcleo de Design da instituição e contará com a participação de Catherine Geib, professora do Fashion Institute of Technology (EUA).
Comandado pela professora e jornalista Silvana Holzmeister e pelo também jornalista Jorge Grimberg, o talk terá ainda a presença da Professora Josiane Tonelotto, PhD, Superintendente Acadêmica da Belas Artes, e Rui Moreira Pimenta Filho, Diretor do STB, parceiro do International Office da instituição. Catherine participará via Skype e falará das contribuições do estilista para a cidade de Nova Iorque e, também, sobre sua retrospectiva no Metropolitam Museum of Art.
O evento é aberto ao público e gratuito. O interessados podem se credenciar no link: http://belasartes.br/internationalday

International Day: Homenag…

Eu e a MG - Dia Mundial das Doenças Raras


Olá


Antes de falar sobre o Dia Mundial da Doença Rara, quero contar um pouco sobre mim, pois tenho uma doença rara, que é a Miastenia Gravis. Demorou anos para que se chegasse a esse diagnóstico e até o momento só tenho tratamento para os sintomas, não para evitar as crises e, nem mesmo, para uma cura. Mas, convivo bem com ela e aprendi a contornar minhas limitações. Espero que você, raro, que agora está lendo esse texto, também possa afirmar o mesmo. Porém, se ainda não, aprendi que o tempo não cura tudo, como costumam afirmar, mas faz com que algo incurável torne-se convivível. Sendo assim, tenha paciência e uma hora saberá lidar com sua doença da maneira mais fácil possível.  

O Dia Mundial da Doença Rara é celebrado em 29 de fevereiro, pois, como se sabe, não acontece e todos os anos, sendo assim, também é raro, mas, para não deixar a data passar em branco nos anos não bissextos, definiu-se que ela seria promovida no último dia do mês de fevereiro.

Setenta países do mundo celebram esta data, com o objetivo de conscientizar a população, os órgãos de saúde pública, médicos e especialistas em saúde para os tipos de doenças raras existentes e toda a dificuldade que os seus portadores enfrentam para conseguir um tratamento ou a cura.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças raras afetam uma em cada duas mil pessoas.

A falta de informação, conhecimento científico, a ampla diversidade de sintomas relativamente comuns e, também, a variação de sintomas de paciente para paciente, portando uma mesma doença, prejudica muito a obtenção de um diagnóstico, atrasando um possível tratamento e, consequentemente, a melhora na qualidade de vida tanto do paciente quanto de seus familiares e cuidadores. Por isso, essa data se faz importante, para dar visibilidade a essas doenças e quem sabe assim ajudar a nós raros e aos que nos apoiam.


Comentários

Postagens mais visitadas