Pular para o conteúdo principal

Destaques

Tendência Breezy Dress Chega Diversificada na Renner

De corte amplo e comprimento midi, os breezy dresses são os mais novos vestidos que dominam o street style e se destacam pela fluidez em versões curtas e mais longas. Com estampas, amarrações e recortes, as peças chegam na Renner em modelos variados e aliam tendências da temporada e com opções que levam o Selo Re - Moda Responsável da marca.
Conhecido como o "vestido-tendência" do momento, o item garante protagonismo para além da estação e transita com facilidade entre looks de outono e verão, sobretudo, pela modelagem ampla e mix de trends como as mangas bufantes, camadas e detalhes românticos. Com uma gama variada de cores e tamanhos, as peças vestem corpos diversos e se adequam aos vários estilos pelos tons neutros, coloridos, pastel e estampas, como floral, poá e animal print.


Com ares dos anos 80, as mangas bufantes contemplam algumas das opções da Renner e retomam a tendência que volta para inovar no dia a dia. Os modelos se destacam pela estampa floral em rosa, de saia …

Eu e a MG - Dia Mundial das Doenças Raras


Olá


Antes de falar sobre o Dia Mundial da Doença Rara, quero contar um pouco sobre mim, pois tenho uma doença rara, que é a Miastenia Gravis. Demorou anos para que se chegasse a esse diagnóstico e até o momento só tenho tratamento para os sintomas, não para evitar as crises e, nem mesmo, para uma cura. Mas, convivo bem com ela e aprendi a contornar minhas limitações. Espero que você, raro, que agora está lendo esse texto, também possa afirmar o mesmo. Porém, se ainda não, aprendi que o tempo não cura tudo, como costumam afirmar, mas faz com que algo incurável torne-se convivível. Sendo assim, tenha paciência e uma hora saberá lidar com sua doença da maneira mais fácil possível.  

O Dia Mundial da Doença Rara é celebrado em 29 de fevereiro, pois, como se sabe, não acontece e todos os anos, sendo assim, também é raro, mas, para não deixar a data passar em branco nos anos não bissextos, definiu-se que ela seria promovida no último dia do mês de fevereiro.

Setenta países do mundo celebram esta data, com o objetivo de conscientizar a população, os órgãos de saúde pública, médicos e especialistas em saúde para os tipos de doenças raras existentes e toda a dificuldade que os seus portadores enfrentam para conseguir um tratamento ou a cura.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças raras afetam uma em cada duas mil pessoas.

A falta de informação, conhecimento científico, a ampla diversidade de sintomas relativamente comuns e, também, a variação de sintomas de paciente para paciente, portando uma mesma doença, prejudica muito a obtenção de um diagnóstico, atrasando um possível tratamento e, consequentemente, a melhora na qualidade de vida tanto do paciente quanto de seus familiares e cuidadores. Por isso, essa data se faz importante, para dar visibilidade a essas doenças e quem sabe assim ajudar a nós raros e aos que nos apoiam.


Comentários

Postagens mais visitadas