Pular para o conteúdo principal

Destaques

Eu e a MG - Evolução do Quadro Desde o Último Post

Olá 


Faz tempo que não escrevo sobre mim e a miastenia, pois estava tudo bem, sendo assim, eu não tinha muito o que dizer. Mas, agora tenho!
Apesar desse post só sair agora em Dezembro, foi em Setembro que as coisas começaram a mudar. Passei a ter um novo sintoma, visão dupla, até então nunca apresentado. Isso não mudou em nada minha vida, talvez agora eu tome mais cuidado ao subir e descer escadas, mas foi somente isso. É um pouco estranho, acontece de repente, porém, é breve, então não me incomoda.
Você, que me segue no Instagram acompanhou essa nova descoberta, exames, consultas e tudo mais. Se não viu, está tudo salvo lá nos meus destaques EU e a MG, confira! @shelybianchi
Apesar dessa novidade, estava tudo bem até o começo de Novembro, quando as coisas mudaram um pouco de rumo. Pois bem, por conta de muita dor na coluna, tomei uma dose que medição para a dor que a miastenia não gostou e resolveu dar as caras. Foram poucos dias em crise, mas o cansaço foi intenso. A minha casa ficou g…

Victor Dzenk Veste as Princesas do Projeto Social Fadas Madrinhas

A cor é quase óbvia. O rosa, porém destacado na tonalidade Fúcsia, foi a escolhida pelo estilista mineiro Victor Dzenk para criar vestidos de baile para 40 meninas que terão seu grande sonho realizado no próximo dia 07/12, data que acontece a próxima edição do Baile de Debutantes do projeto social Fadas Madrinhas.



Presente na criação dos vestidos de bailes do projeto social desde sua primeira edição, Victor Dzenk se apresentou ainda mais motivado para colorir e encantar os sonhos das adolescentes desta quarta edição, dedicada exclusivamente às pacientes com idade entre 14 e 15 anos atendidas pelo Hospital de Câncer de Barretos – referência no tratamento do Câncer infantil, juvenil e adulto na América Latina.

“Desenhei os vestidos inspirado em Contos de Fadas, como se estivesse vestindo uma verdadeira Princesa”, comenta o estilista que optou por um shape de saia rodado, com corpo Tomara que Caia sustentado por efeito espartilho nas costas. Anáguas de tule rígido foi o recurso utilizado para promover o efeito “Tutu de Bailarina” sobre base de Cetim Royalle dos 40 vestidos idênticos que serão presenteados pelo estilista às Princesas do baile.

O evento será realizado no Centro de Convenções do Barretos Country Hotel & Acquapark, localizado a aproximadamente 440 quilômetros da capital paulista, com a participação de celebridades e artistas que, assim como Victor Dzenk, se sensibilizam com o projeto social criado pela empresária Liliane Barros Marty Caron. O grupo musical Dream Team do Passinho, fenômeno do gênero funk carioca, é uma das grandes atrações confirmadas para a festa, que promete agitar o baile ao lado de jogadores da Seleção Brasileira de Polo e dos atores Douglas Silva, Enzo Celulari, Marcos Pitombo, Paulo Dalagnoli e Victor Pecoraro.

O projeto social Fadas Madrinhas é uma produção independente, de iniciativa privada e sem fins lucrativos que teve suas edições anteriores realizadas nas cidades de Belo Horizonte e Búzios. Histórias de vida com determinação, comportamento escolar exemplar e ideais das participantes em favor de uma vida melhor sempre foram considerados pontos fortes para a seleção das candidatas que participam do projeto social sempre como convidadas.


Para a realização desta edição do evento, o projeto social Baile de Debutantes Fadas Madrinhas conta com o apoio das empresas Accord Hotel, Dom Bosco, Flairs Bartenders, Minerva Foods, Museu da Gula, Melissa, North Shopping de Barretos, Rita Brigadeiros e Tirolez. Mais detalhes sobre como apoiar o projeto podem ser obtidos acessando o site www.projetofadasmadrinhas.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas