Pular para o conteúdo principal

Eu e a MG: Uma Vida com Miastenia e Um Ano de Divulgação da Mesma

Há um ano passei a escrever sobre mim e a Miastenia aqui no blog. No intuito de divulgar esta doença rara, fazendo com que os Miastênicos se identifiquem e quem não tem esta patologia entenda um pouco sobre ela, e saiba lidar e entender as dificuldades de quem tem. 

Para minha alegria, tem dado um bom retorno, são muitas visualizações e comentários. Isso representa o quanto vocês leitores tem gostado desta série de posts, que intitulei de "EU e a MG".

Por favor, comente sobre o que mais querem saber, vou adorar escrever!

E se você quer ver, ou rever, todos os posts desta série, clique aqui.


Obrigada por me acompanharem. Força para todos!


Comentários

  1. Ola , sou filha de uma ex portadora de MG, e Meu tCC é sobre MG porque convivi por muito tempo com essa patologia. Gostaria de saber de você se caso teve crises como foi ? E sobre seus medicamentos como você aptou isso a sua rotina. Desde ja agradeço ... Kleina Borges

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kleina
      Obrigada por ler meu por e me escrever.
      Meu TCC tbm foi sobre a Miastenia. Está se formando em que?
      Sim, já tive muitas crises. Começa com uma fraqueza generalizada que não melhora com repouso e afeta minha parte respiratória. Em algumas delas tive paradas respiratórias e uma vez uma cardiorrespiratória.
      Hoje, estou muito bem da MG, tenho crises quando associado a algum outro mal que me acomete, como por exemplo infecções bacterianas.
      Há 6 anos não tenho crises que afetam a parte respiratória de maneira mais grave.
      Usei um primeiro remédio, muito comum para o tratamento da MG, durante minha infância, que só me fez piorar. O médico tirou e anos fiquei sem ter com o que tratar. Há 10 anos mudei de médico, que indicou uma medicação nova, e deu certo. Tomo somente uma dose pela manhã e tranquilamente inseri a minha rotina.
      Espero que tenha esclarecido suas duvidas, se quiser saber mais alguma coisa fique a vontade para perguntar. Deixo meu e-mail a seguir, caso queira entrar em contato comigo por lá. shelybianchi@gmail.com.
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário



Instagram