Pular para o conteúdo principal

Destaques

Embarque na Tendência das Mangas Bufantes com a Renner

A moda retrô segue em alta e, com isso, diversas tendências dos anos 80 e 90 têm voltado aos dias atuais, como a manga bufante, que deixa a peça mais volumosa e marcada na região dos ombros.
Símbolo de romantismo e feminilidade, na Renner, a trend está presente em várias peças, como blusas, vestidos, bodys e croppeds, desde as mais discretas às mais coloridas, trazendo uma releitura mais moderna e com um toque fashion para o streetwear.
Mangas bufantes garantem uma pegada romântica, com um ar vintage. As blusas são ótimas opções em diversas modelagens e tecidos, como tricô, algodão, malha e até jeans. Com mangas curtas ou longas, ombro a ombro, em muitas cores, dos tons claros aos mais vibrantes ou estampadas e listradas, podem ser usadas em diferentes momentos, de dia ou para looks mais sofisticados para noite. É simples de combinar com jeans de modelagem retrô, calças mom e reta, ou com short.

Alguns modelos também podem ser usados por quem tem um estilo mais discreto, com uma manga d…

Exposição Repetto Loves Art - 60 anos da Sapatilha Cendrillon

A Maison Repetto reconhecida por seus produtos de luxo e DNA inspirado no ballet comemora o 60º aniversário de seu maior ícone: a Cendrillon. 

Em 1956 a atriz Brigitte Bardot encomendou da Mme. Rose Repetto uma sapatilha para usar no filme "E Deus criou a Mulher", de Roger Vadim. O modelo foi batizado de Cendrillon (em português - Cinderela) e virou um clássico da grife conhecido mundialmente. Um ano depois, Audrey Hepburn as usou no filme "Cinderela em Paris" eternizando o par de sapatos.

Em comemoração a data, a tradicional marca francesa se uniu ao Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e armam uma exposição. A Repetto Loves Art - 60e anniversaire de Cendrillon, projeto idealizado por Alice Ferraz Comunicação e Relações Públicas, reúne através de uma mostra inédita 22 obras assinadas por personalidades das artes, moda, cinema e música, convidadas a reinventar os sapatos da marca.

As sapatilhas brancas serviram de ‘’telas’’ e foram transformadas em verdadeiras obras de arte por nomes como: Rodrigo Ohtake, Bruno Bogosian, Cecilia Prado, Isabela Frugiuele da Triya, Francesca Alzatti, Juliana Ferreira e Maya Pope da Isolda , Stephanie Garcia da Olympiah, Marcelo Braga, Patricia Viera, Vic Meirelles, Mariana Galasso, entre outros.

Com curadoria da Profª M.ª Dhora Costa, docente do Centro Universitário Belas Artes, a mostra apresenta a linha cronológica da Repetto, destacando os principais marcos de sua história e seu know-how através de vídeos, protótipos, imagens de acervo desde o primeiro modelo desenvolvido por Rose Repetto até a coleção atual.

A inauguração da exposição aconteceu ontem no MUBA e hoje abre para visitação até dia 19 de março. Ao final dessa manifestação artística, as obras serão leiloadas e toda a renda será revertida em prol dos bolsistas do Estúdio de Ballet Cisne Negro.

Confira na galeria de imagem as sapatilhas transformadas para a exposição:

Repetto Loves Art

Comentários

Postagens mais visitadas