Pular para o conteúdo principal

Destaques

CARIUMA FAZ SUA ESTREIA NO BRASIL NA FARFETCH

A Farfetch, plataforma de tecnologia global líder da indústria de moda de luxo, acaba de receber em seu leque de marcas a Cariuma, label brasileira de tênis com escritórios em Los Angeles e Singapura. Depois de conquistar fãs pelos EUA, Europa e Ásia, este será o primeiro e único canal de vendas direta da marca no Brasil. Com designs que traduzem todo o estilo e a bossa carioca, cinco modelos de sneakers estarão disponíveis em diversas cores em versões femininas e masculinas.

Fundada em 2018 por Fernando Porto e David Python, a marca que tem como missão levar a energia positiva do Brasil para o mundo, possui DNA sustentável. A entrada da etiqueta reforça o movimento Positively Farfetch, projeto que exemplifica a missão de se tornar uma plataforma global para o bem da indústria de moda de luxo e capacitar todas as pessoas com quem trabalha: pensar, agir e escolher positivamente.

Fernando e David já possuíam grande experiência no mercado de calçados quando decidiram se unir para fundar a …

Alerta de Grandes Mudanças na Moda


Já era hora desta mudança: o mundo está muito rápido e não há mais motivo de se esperar os habituais seis meses para encontrar a coleção do desfile na loja. Em pensar que em um passado não distante, eu esperava por volta de um mês, após uma temporada de desfiles acabar, para ir à banca e comprar uma revista com compilação do melhor da estação. Hoje assisto a muitos desfiles on-line e em tempo real. Repensar esta estrutura de apresentação e comercialização se torna necessário, pois, grandes marcas, que possuem lojas em diferentes hemisférios, lidam com diferentes estações simultaneamente.

Pois bem, vamos às notícias.

A Burberry acaba de anunciar uma grande mudança: a partir da temporada de Verão 2017 internacional (em setembro), a marca vai substituir seus quatro desfiles anuais por apenas dois, juntando suas linhas feminina e masculina, além de decretar o fim das estações. Ou seja, o modelo atual possui um desfile único de verão e ouro de inverno, para a linha feminina e masculina, totalizando quatro por ano. Já o novo, é composto por um desfile com ambas as linhas, a cada seis meses.

Com isso, todas as peças desfiladas já estarão disponíveis, no mesmo dia, tanto nas lojas físicas quanto no e-commerce, reposicionando a marca Burberry no mercado atual, em que a maioria dos consumidores não está ciente do timing da indústria, não enxergando a espera pelos produtos como algo empolgante. Nas palavras de Christopher Bailey, CEO e Diretor Criativo da marca: “Você cria toda essa energia em torno do desfile, daí ele acaba e você diz:(sic) agora esqueça porque ele não estará nas lojas nos próximos seis meses”,

Além da Burberry, Tom Ford, referindo-se à própria marca, disse em entrevista ao WWD que pretende juntar as linhas masculinas e femininas, e que em vez de apresentar sua coleção de Inverno 2016/17 este mês, transferiu o evento para setembro.

Os idealizadores da semana de moda Nova York também consideram mudar totalmente o calendário do evento, apresentando a coleção de inverno e verão em suas próprias estações, alegando que o sistema que o sistema atual está falido.

Antes, a imprensa e os grandes comerciantes viam em primeira mão as novidades, a fim de programar suas estratégias. Hoje, com as transmissões em tempo real, as coleções logo deixam de ser novidade e é difícil traduzir o buzz de um desfile em vendas e lucros.

Vejamos o que será do mercado com estas mudanças.

Comentários

Postagens mais visitadas