Pular para o conteúdo principal

Destaques

SALVATORE FERRAGAMO: Campanha Primavera-Verão 2021

Suspense, intriga e belas estrelas na campanha primavera-verão 2021 da Salvatore Ferragamo - “Director’s Cut”. Cortada diretamente pelo diretor indicado ao Oscar Luca Guadagnino da atmosfera do filme para a coleção, a campanha de Salvatore Ferragamo para a primavera-verão 2021 é uma obra-prima de refinamento do suspense. O portfólio de fotos e um curta, com curadoria de Guadagnino ao lado do diretor criativo Salvatore Ferragamo, Paul Andrew, se baseia no filme inspirado em Alfred Hitchcock, ambientado em Milão, que foi exibido antes do desfile de moda em setembro de 2020. Concebida como uma homenagem a Hollywood – o local do primeiro sucesso de nosso fundador – e a Milão – o local da expressão da moda de Salvatore Ferragamo no século 21 – a campanha combina nossa herança de artesanato artístico e inovação técnica. O elenco de Guadagnino é composto por Mariacarla Boscono, Maggie Cheng, Jonas Glöer, Samer Rahma e Anok Yai. A alquimia do olho do diretor os reúne em uma série de mise-en-sc

Participe do Fórum Belas Artes de Economia Criativa

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo realiza, no dia 4 de outubro, a segunda edição do Fórum Belas Artes de Economia Criativa e traz importantes nomes para palestrar sobre cidades criativas e economia criativa na era digital.



Steven Pedigo, diretor de Pesquisa e Cidades do Creative Class Group, desenvolveu um estudo abrangente das indústrias e dos âmbitos criativos em São Paulo, que englobam setores de tecnologia, artes, cultura, arquitetura, design, ciência, entre outros. Esse estudo foi feito por alunos de pós-graduação da instituição sob direção de Pedigo e será apresentado nesta 2ª edição do Fórum. A ideia da pesquisa é entender melhor as vantagens competitivas, as oportunidades e os desafios associados com a economia criativa em São Paulo e, além de olhar para indicadores do setor, foram desenvolvidos perfis qualitativos das indústrias e áreas desta economia na cidade. "Tivemos como premissas os 4 Ts - tecnologia, território, talento e tolerância - para avaliar São Paulo como cidade criativa", explica Pedigo.

Na ocasião, a instituição vai aproveitar para lançar o laboratório de Design e Experiências Imersivas, que será supervisionado por Bruna Petreca com consultoria de Ricardo Laganaro, diretor da O2 Filmes, responsável pelo departamento 3D da produtora. Por isso, a Belas Artes procurou reunir empresas e profissionais engajados neste setor para debater assuntos como realidade aumentada, vídeos em 360° e realidade virtual.

Entre os palestrantes estão Ricardo Justus, diretor de inovação da rede Record, que vai discutir sobre as possibilidades e os desafios de contar histórias em realidade virtual; Marcelo Daou, responsável pelo desenvolvimento de novos negócios e soluções para dispositivos móveis, incluindo aplicativos, wearables e IoT na Samsung. Ele apresentar as oportunidades do mercado de wearables no Brasil.

Janaína Augustin e Quico Meirelles, diretores da O2 Filmes, também estarão presentes e vão falar sobre os desafios que as produtoras terão de enfrentar com o avanço cada vez mais acelerado da tecnologia, dando destaque para a realidade aumentada e virtual. O Fórum vai receber ainda Rawlinson Terrabuio, cofundador da Beenoculus, empresa que desenvolveu o primeiro óculos de realidade virtual produzido no Brasil. Ele vai destacar as oportunidades que a realidade virtual está criando para toda a indústria de economia criativa e a promessa de ser a disrupção em setores tradicionais como o da Educação.

Além disso, o evento vai contar com uma conferência online que será realizada diretamente dos Estados Unidos. Barry Pousman, cofundador e CEO da Variable Labs, vai discutir sobre experiências imersivas em realidade virtual. Antes de abrir sua empresa, Pousman era estrategista-chefe na ONU, onde ajudou a implementar novas iniciativas de mídia em torno da promoção do desenvolvimento sustentável. Em sua cartela de clientes atuais estão empresas como Google, XPRIZE e a própria ONU.

O Fórum Belas Artes de Economia Criativa tem como objetivo apresentar a população em geral os principais cases e propostas da indústria criativa. A intenção é debater os novos formatos da economia e seu potencial de contribuição para o desenvolvimento dos países. O evento é aberto ao público, gratuito e para participar basta a inscrição com antecedência no site www.belasartes.br/forum

Confira abaixo a programação completa do evento:

Credenciamento a partir das 8 horas
09h - Boas vindas Belas Artes
09h15 - Steven Pedigo
Apresentação dos resultados do estudo dos setores criativos que desenvolveu para São Paulo com apoio da Belas Artes.
10h15 - Marcelo Daou - Samsung
As oportunidades do mercado de wearables no Brasil
11h15 - Ricardo Justus - Diretor de Inovação da Rede Record
Narrativas Imersivas: as possibilidades e desafios de contar histórias em realidade virtual
12h15 - Rawlinson Terrabuio - Beenoculus
Realidade Virtual: Oportunidades para toda a indústria de economia criativa
13h às 14h15 - Almoço
14h30 - O2 Filmes
Realidade virtual e realidade aumentada: Os novos desafios das produtoras
15h30 - Barry Pousman - conferência online
Impacto do Storytelling Imersivo
16h30 - Bruna Petreca
Design e experiências imersivas
17h30 - Encerramento


Comentários

Postagens mais visitadas